Espaço criado para dar suporte

ao meu Blog Tecendo Ideias.

Tecendo Ideias

Tecendo Ideias
Clique para conhecer!

segunda-feira, 14 de março de 2011

COMO FAZER O BEM!!

Campanha para auxílio às vítimas da enchente que devastou a cidade de São Lourenço do Sul, no RS.

Aqui você assistiu ao testemunho de quem viveu na pele essa triste experiência, e ensina a superação. Sem mencionar o grau de evolução espiritual da Maria Tereza, deve ter observado que ela fala de valores que podemos exercitar.

Se cada um fizer um pouco, a soma das partes compõem uma ação capaz de ajudar estas pessoas.

- Banrisul S/A - Agência: 0870 - C/C 04.029179.0-7

- CAIXA (CEF) - Agência: 0512 - C/C : 006.269-3

Nestes vídeos você pode ver a situação de emergência em que a cidade se encontra.








Obrigada por ter chego até aqui,
e por ajudar com o que puder.
Inclusive, a divulgar!


14 comentários:

Maria José disse...

É incrível o que anda acontecendo no mundo em termos de catástrofes e desencarnes coletivos. Nessas horas temos todos que dar as mãos para ajudar os necessitados, os sobreviventes. Parabéns pela postagem e por alertar a necessidade da caridade. Beijos.

Denise disse...

Pois é Maria José, se cada um de nós fizer um pouquinho, o destino dessas famílias se ameniza. É o mínimo, não é mesmo?
Beijos

Maria José disse...

Denise. Voltei para lhe deixar um selinho "Este blog é perfeito". Está na parte superior do blog em MIMOS 2011. É só rolar a tela até o final. Espero que goste. Beijos.

Ivana disse...

Denise, parabéns pela iniciativa, um verdadeiro gesto de amizade e solidariedade.
Ajudar o próximo é essencial e faz bem. Estou indo fazer minha parte.
Muita força para sua amiga Maria Tereza e todos da sua cidade.


Que esse espaço, que ainda tem cheirinho de bebê, lhe traga muitas alegrias.
Boa sorte, bjs

Regina Rozenbaum disse...

Dê irmigamada!
Chego hoje depois de uns dias desconectada desse mundo... Vou daqui enviando minha "ajuda", uma gota na imensidão dessas águas.
Beijuuss n.c.

Denise disse...

Oi Maria José, que delicadeza de presente, agradeço a inclusão do Alinhavos da tua escolha, o que me honra e deixa muito feliz.
Vou buscar sim, obrigada!
Um bjo

Denise disse...

Obrigada Ivana, teu carinho visível nas palavras me alegra, e tua generosidade não se me surpreende. Agradeço, vou encaminhar à Tere tuas palavras e apoio.

Este cantinho é um espaço que abri pra ajudar o Tecendo, em algumas postagens, ficou simpatiquinho, né?...rs

Um bjo e meu carinho!

Denise disse...

Sem tua gota, a imensidão do todo não se completa, sabe disso, né Rê?
Obrigada, irmiga - tua energia é poderosa!
Bjãozão!!

Maria Tereza Venzke disse...

Oi Dê,

Agradeço em meu nome e no dos meus meus conterrâneos essa amorosa corrente do Bem....

Beijos à tds

Tereza

Denise disse...

Que ela seja grande e forte o suficiente para abraçar a todos, Tere.
Um bjo

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Denise! todas as vezes qeu vejo situações que suscitam a solidariedade humana eu me lembro da história do home ue devolvia estrelas do mar para o mar. Atirude acho que é isso:

"Um homem estava caminhando ao pôr do sol em uma praia deserta .
À medida que caminhava, começou a avistar outro homem a distância.
Ao se aproximar do nativo, notou que ele se inclinava, apanhando algo e atirando na água.
Repetidamente, continuava jogando coisas no mar.

Ao se aproximar ainda mais,
nosso amigo notou que o homem estava apanhando estrelas do mar que haviam sido
levadas para a praia e, uma de cada vez, as estava lançando de volta à água.

Nosso amigo ficou intrigado. Aproximou-se do homem e disse:

_ Boa tarde, amigo.
Estava tentando adivinhar o que você está fazendo.
_ Estou devolvendo estas estrelas do mar ao oceano.
Você sabe, a maré está baixa e todas as estrelas do mar foram trazidas para a praia.
Se eu não as lançar de volta ao mar, elas morrerão por falta de oxigênio.

_ Entendo respondeu o homem, mas deve haver milhares de estrelas do mar nesta praia.
Provavelmente você não será capaz de apanhar todas elas.
É que são muitas, simplesmente.
Você percebe que provavelmente isso está acontecendo em centenas de praias acima
e abaixo desta costa?
Vê que não fará diferença alguma?

O nativo sorriu, curvou-se, apanhou uma outra estrela do mar e,
ao arremessá-la de volta ao mar, replicou:
- Fez diferença para aquela."

Vou fazer a minha pequena parte também. meu abraço. Paz e bem.

Rô... disse...

oi Denise,
bom dia...

que delicadeza de iniciativa a sua...
que coração generoso...
vou fazer a minha gotinha porque como disse Madre Teresa, sem ela o oceano é menor...

beijinhos minha amiga

Denise disse...

Cacá, já conhecia o texto, e acho que ilustra com perfeição a questão da solidariedade - que não salva ao mundo, mas contribui na construção cujo fim, a parte maior, só será completa mediante cada parte...

Agradeço por abraçar esta causa e contribuir com tua parte - ela fará a diferença!
Um grande abraço!!

Denise disse...

Rô, eu conheço a cidade, lá já passei horas encantadoras, felizes e cheia de amor - ver a destruição é doloroso, o desejo de ajudar pra amenizar o que for possível, é grande.
Generosa é a tua atitude, tendo chego aqui "ontem" e envolver-se nessa causa - que não é minha, é nossa!
Um bjo e minha gratidão em nome das pessoas que serão beneficiadas.