Espaço criado para dar suporte

ao meu Blog Tecendo Ideias.

Tecendo Ideias

Tecendo Ideias
Clique para conhecer!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

AMOR




Amor - isso te posso dar, e procuro fazê-lo na medida em que o aceita e sente. Mas não é novidade essa capacidade minha, compartilho com todos o imenso potencial amoroso que SOMOS - temos amor em nós, somos amor - em essência.
Mesmo os mais reservados ou céticos, são feitos dessa preciosa energia, que é a que nos sustenta sempre e ao longa dessa existência.
É um bem pessoal que compartilhamos com muitos, mas que deveríamos ampliar para TODOS. Eu sei que é difícil, até impossível para alguns, falar/sentir amor por pessoas que nos ferem, mas, se fizermos uma pausa sincera e profunda, certamente encontraremos uma parcela de contribuição na relação que ficou magoada/maculada/ferida. E quem sabe, se o mergulho for bem profundo mesmo, compreendamos que ninguém - eu repito: ninguém - tem a capacidade de me fazer sentir o quer que seja, até alegria e amor. Sou eu, é você, somos nós que sentimos. Eu amo, ninguém me faz amar. Você se irrita, se afasta, se apaixona, se machuca, se pune, se cobra, se angustia - somos nós quem deixamos que influências/ocorrências/pessoas comandem nossas emoções. Mais do que acreditar nisso (somos aquilo que acreditamos), percebo que quando olho para uma emoção/sentimento/pensamento e decido que não vai me atingir, não permito e assumo o controle da minha própria vida, daquilo que eu escolho viver.
Ok, você pode discordar - tem todo o direito - mas...te convido a olhar amorosamente para esta questão, e talvez encontre um estoque enorme de recursos que possui e ignora, e que estão prontos a te servir, para que possa, afinal, quebrar/largar/expulsar (re)considerar o que quer que te esteja impedindo de seguir adiante - com amor e paz no coração. Podemos transformar a pedras que carregamos, em diamantes.
MUITO AMOR para você neste Natal, e que em 2011 possamos compartilhar dessa energia purificadora que temos em abundância. Talvez possamos concluir que somos todos um, um único e poderoso amor.

2 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Aiiiiii Dê, irmiga, AMAAAAADA!!!!
Comecei por esse (sou boba nauuuummmm rsrs)e vou seguindo a sequência ditada pelo meu coração...
Só vc mesma!!!!
Beijuuusssss amorosos n.c.

Denise disse...

Assim vc transborda, PURO AMOR QUE ÉS!!!!

Bjo no coração, repleto!